SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

PREVISÃO DO TEMPO

? ºC Marcelandia - MT
Titulo fixo

✦ Geral

Fax e telegrama 10/03/2019 14:32

Fax e telegrama disputam espaço com e-mails em órgãos públicos no DF

No Dia do Telefone, veja que Brasília possui 933,1 mil linhas fixas. Elas são fundamentais para fax no Congresso, STF, TJ e na Câmara Legislativa.

 Os antigos aparelhos de fax e os, nem tão esquecidos assim telegramas, disputam espaço com computadores e e-mails no serviço público em Brasília.

Um levantamento feito pelo G1, em razão do Dia do Telefone – celebrado neste domingo (10) – mostra que a capital tem 933,1 mil linhas de telefonia fixa (veja abaixo). Elas são fundamentais para o funcionamento de, pelo menos, 350 fac-símiles espalhados pelos gabinetes.

Os dados enviados por cada órgão à reportagem mostram que a maior parte dos aparelhos de fax (174) estão no Congresso Nacional. Já no Supremo Tribunal Federal (STF) são 48 equipamentos, 49 no Tribunal de Justiça (TJDFT) e 79 na Câmara Legislativa do DF (CLDF).

Apesar de parecerem obsoletos, esses equipamentos que usam impulsos elétricos para transmitir texto e imagem não sumiram completamente do ambiente de trabalho. Na Câmara e no Senado, por exemplo, é possível encontrá-los, discretos, em meio a impressoras e scanners.

Por causa do baixo custo e da simplicidade, os fax ainda permanecem, vez ou outra, como ferramenta para envio de documentos. Afinal, sempre terá alguém disposto a ver a "magia acontecer".

E como funciona?

Para transmitir a informação de um ponto ao outro, o fax combina até três tecnologias. A principal, o telefone, por meios de impulsos elétricos.

Quando um papel é colocado na bandeja do aparelho, a imagem vira um arquivo digital, contendo um código cheio de números 0 e 1. Os pontos em branco são representados pelo 0 e os pretos, pelo 1.

Assim, o arquivo digital vira um sinal elétrico quando é enviado para o modem. Em seguida, o documento é transferido via linha telefônica na forma de eletricidade.

Na etapa final, o aparelho de fax receptor realiza o processo inverso e, só aí, transmite os dados para uma impressora.,1 mil linhas de telefone fixo

 

Para suportar essa demanda de uso, Brasília alcançou este ano a marca de 933,1 mil linhas de telefonia fixa, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A capital do país abriga a maioria dos órgãos da administração pública federal.

A razão para "tanto uso" desses equipamentos em pleno século XXI, segundo os próprios usuários, costuma ser a resistência à mudança e o medo da "falta de segurança no mundo digital". A explicação, contam alguns servidores públicos ouvidos pelo G1, é a "menor probabilidade dos dados vazarem".

Entre e-mails e telegramas

Além dos fax, o serviço público instalado no DF surpreende pelo uso, ainda expressivo, dos telegramas. As mensagens de caráter urgente e confidencial são enviadas via Correios. De acordo com a empresa pública, "não há interferência humana na atividade".

Só no ano passado, 221,3 mil telegramas foram trocados na capital do país. A Casa Militar, por exemplo, – responsável pela segurança do governador do Distrito Federal – usou o serviço de mensagens confidenciais por seis vezes no ano passado.

Em outros casos, o telegrama é usado, principalmente, para convocações de concursos públicos, notificações e cobranças extrajudiciais.

Dia do telefone

O Dia do Telefone é uma homenagem à data em que a invenção foi patenteada pelo seu desenvolvedor Alexander Graham Bell (1847 – 1922), em 10 de março de 1876. Neste dia, o inventor fez a primeira transmissão oficial de uma comunicação via telefone.

Do G1, DF


Titulo fixo

Cidade News Online Comunicações

Rua várzea Grande - 906 - Vila Isabel - Marcelândia

(66) 9999-41856

contato@cidadenewsonline.com.br

Titulo fixo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Copyright © 2012/2019 - CIDADE NEWS ONLINE - TODOS O OS DIREITOS RESERVADOS AO PORTAL
CONTATO@CIDADENEWSONLINE.COM.BR 

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo