SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

PREVISÃO DO TEMPO

? ºC Marcelandia - MT
Titulo fixo

✦ Polícia

Cuiabá 23/05/2018 17:00

Casal homossexual é ameaçado e xingado por vizinhos e faz queixa por homofobia

No registro, o comunicante conta que estava varrendo a casa no Bairro Santa Cruz I e, quando abriu a porta do apartamento, viu o vizinho de outro apartamento e o mesmo teria feito várias ofensas e também ameaças ao casal.

 Um casal homossexual registrou boletim de ocorrência (BO) na 1ª Delegacia de Polícia da Capital para relatar que está sofrendo ameaças, injúria por preconceito e sendo pressionado a se mudar do condomínio de apartamentos onde mora. As ameaças estariam acontecendo até mesmo quando o casal está dentro de casa e com as portas fechadas.

O fato foi registrado pelas vítimas R.S.B. e A.O.S.. O Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) está acompanhando a ocorrência. No registro, o comunicante conta que estava varrendo a casa no Bairro Santa Cruz I e, quando abriu a porta do apartamento, viu o vizinho de outro apartamento e o mesmo teria feito várias ofensas e também ameaças ao casal.

A vítima também afirmou que o suspeito classificou os dois como “aberrações, que afrontavam a família deles, e que não vai acostumar com esse tipo de gente”. Logo após eles começaram a discutir e a esposa do vizinho se juntou às ofensas ao casal homossexual, além de um outro morador.

Por segurança, a vítima conta que fechou a porta de casa e, mesmo assim, foi ameaçado pelo suspeito que iniciou a discussão. “Disse que iria bater no comunicante/vítima até que virasse homem, que iria acabar com ele. Que o comunicante/vítima e seu companheiro já estão ali há seis meses, e desde o início foram hostilizados. Que eles querem que o comunicante/vítima e seu companheiro mudem do condomínio”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Além de realizar ações de prevenção aos crimes de homofobia, o GECCH monitora as denúncias e ocorrências registradas e presta suporte às vítimas. “É muito importante registrar o fato ou denunciar qualquer caso relacionado, para nós acompanharmos e prestarmos a assistência necessária. É preciso ampliar a consciência de que a única coisa errada é o preconceito”, ressalta o secretário do GECCH, major PM Ricardo Bueno.

O Grupo também encaminhou a denúncia para o Centro de Referência em Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) para atendimento psicossocial às vítimas. Outra providência foi remeter ao Conselho Municipal de Atendimento à Diversidade de Cuiabá, pedindo ação de proximidade junto ao síndico e moradores do condomínio, visando à conscientização sobre o respeito à diversidade sexual.

Homofobia

A ocorrência foi encaminhada para a 2ª Delegacia de Polícia - Carumbé, em Cuiabá, para as devidas providências. Só em 2018, até o início de maio, as delegacias de Mato Grosso receberam 33 ocorrências com motivação homofóbica. No mesmo período, foram registrados oito homicídios e outros crimes com mortes. Durante todo o ano de 2017, foram 114 ocorrências e 14 homicídios.

Qualquer pessoa pode denunciar atos de intolerância com motivação homofóbica. Os canais são os Disques 100/190 (PM-MT) /197 (PJC-MT), ou pessoalmente nas delegacias de polícia e também no GECCH que fica na sede da sede da Sesp-MT, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá. (Com Assessoria),

http://www.rdnews.com.br/


Titulo fixo
Titulo fixo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Cidade News Online

Rua Londrina - 341 - Marcelândia

(66) 9999-41856

contato@cidadenewsonline.com.br

Copyright © 2012/2018 - CIDADE NEWS ONLINE - TODOS O OS DIREITOS RESERVADOS AO PORTAL
CONTATO@CIDADENEWSONLINE.COM.BR 

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo