SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

PREVISÃO DO TEMPO

? ºC Marcelandia - MT
Titulo fixo

✦ Polícia

Várzea Grande 25/04/2019 18:25

Mulher condenada por sequestrar bebê no colo da mãe para ritual satânico é presa em MT

Crime de grande repercussão ocorreu em no dia 26 de setembro de 2014. Naquela ocasião a criança, na época de um mês e meio, foi sequestrada quando estava no colo da mãe, no Bairro São Francisco, em Várzea Grande.

 Uma mulher condenada por sequestrar um bebê foi presa nessa quarta-feira (24) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, Neuza de Arruda, de 42 anos, sequestrou a criança para entregar em um ritual satânico. Ela era considerada foragida da Justiça de Mato Grosso.

Ela confessou o crime à Polícia Civil.

O crime de grande repercussão ocorreu em no dia 26 de setembro de 2014. Naquela ocasião a criança, na época de um mês e meio, foi sequestrada quando estava no colo da mãe, no Bairro São Francisco, em Várzea Grande.

A menina foi encontrada e estava com o cabelo cortado, possivelmente na tentativa de evitar a identificação.

Bebê foi sequestrada por mulher em 2014 em Várzea Grande — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

De acordo com a Polícia Civil, Neuza foi condenada em 2015 a cumprir 4 anos de prisão por sequestro e cárcere privado do bebê.

O caso

Neuza e outras duas mulheres tomaram a criança dos braços da mãe e fugiram. A menina foi encontrada no mesmo dia. Neuza era mãe de santo e afirmou, à época, que precisava da criança para realizar um ritual satânico.

O delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli disse que na época dos fatos a suspeita foi presa e ficou detida cautelarmente por sete meses.

A condenação veio em 2015, porém, desde então ela estava solta.

Neuza de Arruda confessou que sequestrou um bebê para ritual satânico em Várzea Grande — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Neuza foi localizada pelos policiais na casa dela, no Bairro da Manga, em Várzea Grande, onde teve o mandado de prisão cumprido.

Em entrevista na delegacia, a suspeita confessou que realmente sequestrou a criança para fazer um 'trabalho', no entanto, afirmou que atualmente se converteu em outra religião e não atuava mais 'nesse tipo de prática'.

Do G1 MT


Titulo fixo

Cidade News Online Comunicações

Rua várzea Grande - 906 - Vila Isabel - Marcelândia

(66) 9999-41856

contato@cidadenewsonline.com.br

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Copyright © 2012/2019 - CIDADE NEWS ONLINE - TODOS O OS DIREITOS RESERVADOS AO PORTAL
CONTATO@CIDADENEWSONLINE.COM.BR 

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo