SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

PREVISÃO DO TEMPO

? ºC Marcelandia - MT
Titulo fixo

✦ Política

Eleições 2018 12/09/2018 16:03

“Não cumpre obrigação e tem a cara de pau de pedir mais 4 anos”

Mauro Mendes disse ainda que Wellington, a quem ele chama de amigo, não tem perfil de Executivo

 O candidato ao Governo Mauro Mendes (DEM) voltou a tecer duras críticas contra o governador e candidato à reeleição, Pedro Taques (PSDB), a quem ele classifica como “cara de pau”.

Durante ato político realizado no início da semana, Mendes disse que Taques não honrou parte dos compromissos que assumiu com a população do Estado.

Ainda segundo o democrata, esse foi um dos motivos que o levou e a outros aliados de Taques a deixarem de apoiar a atual administração.

 

“Todos vocês sabem que há quatro anos nós estávamos apoiando esse atual governo. Eu, Jaime Campos, Carlos Fávaro e muitos que estão nesse palanque. Agora eu pergunto a vocês: as coisas estão bem? O Governo atrasa salário, atrasa pagamento de fornecedor, não paga os municípios, não cumpre suas obrigações e tem a cara de pau de pedir mais quatro anos de mandato pra dizer que vai fazer o que não fez”, disparou Mendes.

“Nós precisamos ter vergonha na cara. Precisamos de políticos que honrem suas palavras, que honrem o que falam. Que trabalhem mais e que entreguem resultado, para voltar depois e ter coragem de pedir voto”, acrescentou.

“Incompetência ou descaso”

Ainda durante o evento, Mendes citou a polêmica envolvendo a “paternidade” da obra do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

Iniciada em sua gestão, à época em que era prefeito de Cuiabá, a obra recebeu recursos do Município e do Governo do Estado.

“Esses dias vi o atual governador disputando a paternidade do Pronto-Socorro. Não quero saber quem é pai, quem é mãe. Quer ser pai, seja. Quer ser mãe, seja. Agora, Cuiabá sabe que isso foi prometido muitas vezes. Nos fomos lá, arrumamos a área e também disponibilizamos recursos. Ele deu uma parte e outra parte foi da Prefeitura”, disse o ex-prefeito.

“Se ter dinheiro fosse o mais importante, não teríamos o Hospital Universitário ali na estrada de Santo Antônio parado. O Governo Federal deu R$ 90 milhões para o Estado e a obra está parada há quatro anos. Ele não deu conta de tocar, não deu conta de resolver e fazer o hospital virar realidade. O dinheiro está na conta e a obra, parada. Ou é muita incompetência ou pouco caso com a saúde desse Estado, que está uma lástima”, alfinetou, Mendes.

Críticas a Fagundes

No mesmo evento, não faltaram críticas também ao senador e candidato ao Governo, Wellington Fagundes (PR), de quem Mendes se disse amigo.

“Tem outro candidato que é meu amigo, foi duas vezes candidato a prefeito em Rondonópolis e o povo disse 'não'. Você é um bom legislativo, tem 28 anos que está lá, sabe muito de Legislativo, mas nunca foi Executivo. Rondonópolis já reprovou ele duas vezes como candidato a prefeito”, disse.

“Aí, sem experiência nenhuma, como o nosso atual governador, que não tinha experiência nenhuma, olha o que aconteceu. O salário atrasou, as obras não andaram, o fornecedor não recebe, a saúde virou um caos, mesmo com a receita do Estado crescendo nos últimos anos”, concluiu.

MidiaNews


Titulo fixo
Titulo fixo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Cidade News Online

Rua Londrina - 341 - Marcelândia

(66) 9999-41856

contato@cidadenewsonline.com.br

Copyright © 2012/2018 - CIDADE NEWS ONLINE - TODOS O OS DIREITOS RESERVADOS AO PORTAL
CONTATO@CIDADENEWSONLINE.COM.BR 

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo