SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

PREVISÃO DO TEMPO

? ºC Marcelandia - MT
Titulo fixo

✦ Vídeos

Marcelândia 17/11/2018 10:47 youtu.be

Marcelândia: Número de larvas positiva do aedes aegypti preocupa a equipe da saúde

Essas informações são inseridas no sistema do Ministério da Saúde que através de probabilidade informa aleatoriamente quantos e quais quarteirões devem ser visitados, e em quantos dias deve ser feito esse levantamento.

 O verão na região Centro-oeste é conhecido por seu alto volume de chuvas, muitas vezes diárias e torrenciais. Pelas quedas na temperatura e o fácil acúmulo de água em recipientes desprotegidos, é também uma época muito propícia para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, o que aumenta os riscos de doenças como dengue, Chikungunya e Zika, transmitidas pelo inseto.

Por isso, é imprescindível redobrar os cuidados para prevenir a doença quando essa época se aproxima. É o que alerta o Coordenador da Vigilância Ambiental Ederlei Nunes, que falou com a nossa equipe de reportagem sobre o Lira que é o levantamento rápido do índice de infestação, ou seja, de forma rápida e segura através de estudos estatísticos e probabilidade consegue-se medir o risco de epidemia de uma cidade.


O índice de infestação predial (IP) é o resultado dos imóveis positivos (que tinham larvas de aedes) dividido pelo total de imóveis pesquisados vezes 100, ou seja IMÓVEIS POSTIVOS / TOTAL DE IMÓVEIS X 100.

Com o LIRA consegue-se o índice de infestação de forma rápida e dividido por extrato com os bairros e os criadouros predominantes em cada área. FUNCIONA DA SEGUINTE MANEIRA.

COM OS DADOS:
- Número de imóveis;
- Número de Agentes;
- Quarteirões devidamente numerados por bairro.

Essas informações são inseridas no sistema do Ministério da Saúde que através de probabilidade informa aleatoriamente quantos e quais quarteirões devem ser visitados, e em quantos dias deve ser feito esse levantamento. Com isso a equipe de Agentes de Combate a Endemias, visita os quarteirões na metodologia de 1 casa SIM e 4 NÃO. Em geral o município deve fechar o LIRA entre 5 a 7 dias para tomar as providências necessárias quanto ao combate ao vetor. Não deixar pneus expostos ao ar livre, garrafas e outros recipientes sem tampas, limpar calhas e denunciar terrenos baldios que apresentam situação de risco, manter caixas d'água sempre com tampas adequadas, essas são algumas das principais medidas para evitar as manifestações do mosquito Aedes aegypti . “A melhor forma de prevenção é não deixar que se criem focos para o mosquito, que deposita seus ovos próximos a recipientes com água parada”, orienta.
Outro cuidado necessário é ficar atento a ocorrência de sintomas e buscar atendimento em caso de qualquer suspeita. “No atendimento, o profissional vai verificar se o mal-estar do paciente é realmente decorrente da doença e então tratar os sintomas para que ela não se agrave”.
SINTOMAS
A dengue, geralmente, ocasiona febre alta, dor no corpo, manchas na pele, ardor nos olhos e dor de cabeça. Os sintomas da Chikungunya e da Zika são bem parecidos, com a diferença de que as dores no corpo são bem mais fortes e a febre não é tão alta. “A dengue costuma ser uma doença branda, mas que, se não tratada, pode se agravar, levando a problemas respiratórios que podem exigir uma internação na UTI de um hospital e até mesmo levar à morte”.
Já a Chikungunya e a Zika, são doenças mais leves, com raros casos de morte. “O maior risco da Zika, na verdade, é em mulheres grávidas, devido à microcefalia”.
Na Chikungunya, o problema são as sequelas, pois a doença pode deixar dores nas juntas dos ossos que podem durar a vida toda.

Cidade News Online


Titulo fixo
Titulo fixo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

Cidade News Online Comunicações

Rua várzea Grande - 906 - Vila Isabel - Marcelândia

(66) 9999-41856

contato@cidadenewsonline.com.br

Copyright © 2012/2018 - CIDADE NEWS ONLINE - TODOS O OS DIREITOS RESERVADOS AO PORTAL
CONTATO@CIDADENEWSONLINE.COM.BR 

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo